Prá ser feliz com mentira, melhor que chore com fé!

PRÁ SER FELIZ COM MENTIRA, MELHOR QUE CHORE COM FÉ O tema central deste texto é o Sentimento. Por isso usei, como título, um refrão da música Piano e Viola do compositor Taiguara que primou, em suas composições, em dialogar com a emoção e sentimento. Esse tema surge como uma contraposição à crescente mecanização e […]

Olá, eu estou aqui!

OLÁ, EU ESTOU AQUI! Este título é um apelo à individualidade. Porque é isso que somos, indivíduos, únicos e, ao mesmo tempo globais e universais. E somos frutos de uma evolução contínua e gradativa. Por vezes bem gradativa, com avanços e eventuais recuos. Paralelamente a nossa produção intelectual é pródiga e transformadora e, além das […]

Desenvolvimento é responsabilidade de quem?

Desenvolvimento é responsabilidade de quem? Frequentemente buscamos imaginar situações futuras como que se estivéssemos nos preparando para eles. No entanto tenho um posicionamento diferente. Devemos criar o futuro. Lógico que precisamos pensar sobre eventuais tendências e pressões. Mas, em minha opinião, o pior que poderia nos acontecer seria o de conhecermos o futuro. Perderíamos as […]

Nem aplausos nem vaias. Um silencio de morte.

NEM APLAUSOS NEM VAIAS, UM SILÊNCIO DE MORTE O título deste texto é um trecho da música Cabaré, de João Bosco e Aldir Blanc e reflete, com propriedade, uma situação muito comum e extremamente danosa para o equilíbrio emocional em geral. O sentimento de ser ignorado e, ainda pior, rejeitado, sempre transitou entre algumas das […]

Showing 1 of 2 (2 Pages)Próxima página »