Release – TI Verde

 

O Prof. Bernardo Leite, renomado consultor e palestrante na área de comportamento organizacional, proferiu, na última 3ª. feira, 13 de outubro, a palestra: Aspectos da Formação Profissional da área de Tecnologia da Informação, por ocasião do Congresso TI Verde, realizada pela Sucesu, com apoio do Senac.

A abordagem do Prof. Bernardo foi bastante provocativa, incitando a platéia, composta por profissionais de T.I., a refletir sobre a posição da área de T.I. nas empresas e sua prontidão para assumir a filosofia de uma T.I. Verde, isto é, controlando e harmonizando a relação com o Meio Ambiente e reduzindo custos, principalmente de energia.

Prof. Bernardo comentou que a formação do profissional de T.I. é eminentemente técnica e altamente sujeita á obsolescência.

Salientou a importância da Cultura Organizacional na implantação de processos de base filosófica, como é o caso da proteção do meio ambiente e teceu alguns comentários sobre os desafios para essa empreitada, como segue:

 

  • A melhor atuação com a Carreira em Y.
  • A reflexão sobre a área de T.I. e sua posição na estrutura das empresas. Prof. Bernardo salientou que a área sente-se á parte da estrutura formal das empresas e, normalmente, mantém “vida própria”, influenciada pelo forte apelo do “outsourcing”, distanciando-se da estrutura convencional e adotando comportamento próprio e autônomo.
  • Reforçou, também, que algumas características do perfil do profissional de T.I. necessitam de reflexão para provocar uma inflexão estratégica dessa área nos negócios, como, por exemplo:
    • Como administrar a obsolescência planejada (hardware e software), nótoria no segmento, e uma visão de longo prazo que possibilite refletir a manutenção do meio ambiente para o futuro do planeta?
    • Outro aspecto ressaltado refere-se á característica empreendedora do profissional de T.I., que o torna mais independente e, ás vezes, solitário (faz com as próprias mãos).
  • Finalmente ele reforça que a aplicação do chamado “Bônus Verde” deve privilegiar alguns pontos importantes para atingir essa população:
    • Respeitar a vontade política da organização
    • Envolver de maneira planejada todos os stakewolders
    • E equilibrar as ações de: redução de custos; recompensas e uma preocupação predominante em manter coerência e princípios para estabelecimento de uma conscientização autentica e responsável.

Similar Articles

Relacionamento > Diferenc... Presumo não haver dúvida sobre o fato de que o relacionamento sempre foi um fator estratégico e diferencial para os resultados. Mas, respeitando o título, afirmo que
O novo enfoque da Avalia... O novo enfoque da Avaliação de Desempenho As grandes mudanças no ambiente empresarial e a necessidade de maior aproximação com os objetivos organizacionais alteram substancialmente, os procedimentos
Você está confortável?... Tudo bem, impossível negar que estar confortável é objetivo de todos, mas que é um grande risco não tenham dúvida! Um dos exemplos que utilizo para demonstrar
Feedback e Comunicação ... Dia 17 de Setembro no novo Espaço Conhecer da Siamar assista, a partir das 9:00hs, a Palestra: FEEDBACK E COMUNICAÇÃO FERRAMENTAS ESSENCIAIS DA LIDERANÇA E, no dia
Não há desenvolvimento ... Esta afirmação é incontestável. O aprofundamento que temos realizado nesta “ferramenta de gestão” por meio de mais de 100 cursos e palestras para mais de 1000 profissionais e que
Pesquisa: A prática da A... Relatório da Pesquisa A Prática da Avaliação de Desempenho
Afinal, qual é a da Aval... Em principio a questão colocada no título deste artigo parece não ter razão de ser. Afinal a Avaliação de Desempenho tem por objetivo avaliar o desempenho dos
Inovação Aplicada ̵... Alguns temas são diferenciais na gestão de negócios transformando-se em verdadeiros fatores chave de sucesso. Um desses temas é a Comunicação que, infelizmente costumamos dizer, é um

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *